segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Ditadura Militar

De 1964 a 1985 o Brasil viveu uma ditadura militar. Todos os presidentes eram generais do exército, sendo Gen. Castello Branco, Gen. Artur da Costa e Silva, Gen. Garrastazu Médice, Gen. Ernesto Geisel e Gen. João Figueiredo. Houve muitas torturas, prisões, mortes e desaparecimentos, além de exílios. Abaixo fotos publicadas pela Imprensa Oficial e IEVE (Instituto de Estudos sobre a Violência do Estado) adquiridas nos arquivos dos órgãos de repressão da época.

    

























































Fonte: Dossiê ditadura: mortos e desaparecidos políticos no Brasil (1964-1985). Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos, IEVE - Instituto de Estudos sobre a Violência do Estado. 2ª Ed, 2009.

10 comentários:

  1. Vergonhoso nosso Brasil ter passado por isso.

    ResponderExcluir
  2. vergonhoso é continuarem publicando mentiras sobre o "golpe de 64" a começar pelo nome que não foi golpe coisa nenhuma e sim uma reação a guerrilha comunista no Brasil.
    A quantidade de fotos que você mostrou e mostrou repetindo as mesmas não chega ao número de mortes qeu haveria se a ditadura do proletariado houvesse sido implantada veradeiramente no país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto não estaríamos do mesmo lado nesse período. A começar pela falta de identificação. Aliás, na ditadura, a esquerda escondia sua identidade para não morrer. Hoje, os antigos torturadores e assassinos não revelam sua identidade com medo de cadeia.

      Excluir
    2. Este blog e muito tedencioso para o esquerdismo!Quer colocar os comunas como coitadinhos!?Que utopia!Se ama o comunismo,compre passagem so de ida,e va morar em cuba ou coreia do norte!E pra quem quer saber de fato o que e comunismo,capitalismo,socialismo e regime militar(nao foi ditadura)acessem esta blog,e ficaram super esclarecidos!(averdadequeamidianaomostra.blog)Pt quer da um golpe comuna no brasil!Atraves do foro de sao paulo,querem transformar a america latina em um estado socialista,como a antiga uniao sovietica!alias o pt quer estatizar a internet (como e na china,so que pior),atraves do MARCO CIVIL DA INTERNET!FORA PT!

      Excluir
    3. A repetição de fotos sequer sofreu uma montagem pra disfarçar. Um blog tendencioso e pernicioso. Por sorte, tem poucos leitores. Onde estão as fotos de militares e de civis mortos por esses bandidos que por sorte deles, Garrastazu não ficou mais tempo no governo. Não sobraria nenhum pra contar essas mentiras! Blog de merda!

      Excluir
  3. Ei professor Yuri. Calma. Leia o livro do jornalista William Waack, baseado nos arquivos secretos da URSS, que você vai começar a entender a guerra revolucionária no Brasil . Poderá, então, começar a entender o "golpe de 64", em boa hora desencadeado pelo brilhante General Mourão, do Exercito, cuja ação resultou no engajamento das Forças Armadas e do povo brasileiro na luta contra a cubanização. Josefcruz2009@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado José Cruz, William Waack não é historiador, é jornalista. Mas entendo o ponto de vista dele, que é a história contada a partir do exército. Jarbas Passarinho e outros defendem abertamente esse posicionamento, que deve ser respeitado enquanto ideia, mas temido enquanto formação da sociedade.

      Excluir
    2. O golpe de 64, sem qualquer sombras de dúvidas, foi patrocinado pelos EUA com o apoio da burguesia brasileira, por sinal, dona dos meios de comunicação brasileiros. Portanto, os relatos históricos do evento tiveram sempre um caráter tendencioso à luz dos interesses burgueses. É fácil identificar de qual lado estão os jornalistas.

      Excluir
  4. Ana Flávia Viana26 de abril de 2013 23:17

    É triste saber que , desde o processo de descobrimento do nosso país, até os dias atuais, o descaso com a população piorou cada vez mais .
    Até porque , o governo em que nos encontramos hoje é impossível definir como uma democracia . Obrigada Yuri, por trazer atona verdades ocultas sobre nosso país, nos fazendo conhecer cada vez mais sobre a nossa "ORDEM" e nossos "PROGRESSOS" .

    ResponderExcluir
  5. Essas pessoas aí são os verdadeiros heróis nacionais e os melhores brasileiros de todos os tempos,pois abriram mão de sua liberdade,segurança,sonhos e,principalmente de suas vidas em prol da democracia e dos direitos dos cidadãos.Se hoje temos uma vida política plena,escolhemos nossos representantes e exercemos a cidadania,mesmo com os entreveros da corrupção nos dias atuais,devemos isso a eles,os mortos,desaparecidos e os remanescentes dessa árdua batalha.Temos uma dívida impagável com eles,e nada mais justo do que reconhecer e valorizar o esforço desses heróis.Que Deus lhes conceda um bom lugar e proteja os cidadãos brasileiros!!!

    ResponderExcluir