quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

EUA: Mississipi oficializa abolição da escravidão em 07/02/2013

Quase 150 anos após o presidente Abraham Lincoln e o Congresso dos EUA terem abolido a escravidão no país, o estado de Mississippi ratificou a 13° Emenda constitucional e, assim, oficializou a liberdade dos negros.

Tudo começou quando Ranjan Batra, professor de neurobiologia na Universidade de Mississippi, assistiu em novembro de 2012 ao filme Lincoln, dirigido por Steven Spielberg. Em 1864, o presidente Lincoln e o Congresso aprovaram a 13 ª Emenda à Constituição dos EUA, abolindo a escravidão; ela também devia ser ratificada por cada um dos 36 estados então existentes nos EUA, que tomaram a providência em ritmos de tempo muito diferentes, adentrando muito no século 20. Delaware, por exemplo, ratificou o fim da escravidão em 1901; Kentucky, em 1976. O retardatário foi o estado de Mississippi, notório pelo racismo e pela perseguição contra os negros. Lá, o fim da escravidão ratificado em 1995 (130 anos depois!),mas como o estado não notificou oficialmente ao Registro Federal, órgão do governo da União, a decisão não era oficial.


Foi isso que Batra descobriu quando saiu da sala de cinema. De origem indiana e nacionalizado norte-americano em 2008, consultou seu colega de trabalho Ken Sullivan e descobriu no site usconstitution.net o atraso do estado.

Batra e Sullivan entraram em contato com o secretário de Estado do Mississippi, Delbert Hosemann, para que finalizasse o processo - que nunca chegou ao fim porque o secretário de 1995, quando a lei foi aprovada no estado, não enviou uma cópia ao Registro Federal. Assim, somente em 7 de fevereiro de 2013, o estado do Mississippi oficialmente aboliu a escravidão.

Com informações do portal Opera Mundi / The Clarion Ledger
 http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/27304/escravidao+e+oficialmente+abolida+no+mississippi+por+causa+do+filme+lincoln.shtml

Referências Bibliográficas.

OPERA MUNDI. Disponível em : Acesso em 21 fev. 2013. 

PORTAL G1. Disponível em: Acesso em 21 fev. 2013.

PORTAL TERRA. Disponível em: . Acesso em 21 fev. 2013.

PORTAL VERMELHO. Disponível em . Acesso em 21 fev. 2013.
 

YAHOO NOTÍCIAS. Disponível em: . Acesso em 21 fev. 2013.

Um comentário:

  1. É uma vergonha para "civilizada" sociedade ocidental, livre e "democrática", que faz duras críticas quanto aos remanescentes países socialistas (Cuba e Coréia do Norte).

    ResponderExcluir